“MT vai eleger mais uma vez uma mulher para o Senado”, diz presidente nacional do PSB.

0

Durante ato de filiação realizado em Rondonópolis na noite desta quinta-feira (16), o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, declarou que a pré-candidatura da médica Natasha Slhessarenko ao Senado é vista com bons olhos e tem o apoio irrestrito da legenda. Para a liderança partidária, o caminho trilhado pela médica até o momento mostra a viabilidade do projeto e tem empolgado a população.

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, com o presidente da legenda em MT, deputado Max Russi.

“Estamos acompanhando a Natasha e é uma grande surpresa. Toda Rondonópolis vai ver que este estado não é tão conservador como se diz e vai mais uma vez eleger uma mulher para o Senado da República. Uma mulher jovem, capaz e inteligente”, destacou Siqueira, que veio até Rondonópolis para abonar a ficha de filiação do prefeito José Carlos do Pátio ao partido.

O ato também foi a oficialização da pré-candidatura a deputada federal da primeira-dama Neuma de Morais. Essa é a primeira vez que ela ingressa em uma disputa eleitoral.

Caso seja eleita, Natasha será a terceira mulher a chegar ao Senado Federal para representar Mato Grosso, exatamente 20 anos depois que a primeira representante feminina ocupou esta função pelo estado. Serys Slhessarenko – que é mãe de Natasha – hoje se coloca à disposição do partido para concorrer a uma cadeira na Câmara dos Deputados, mas foi a primeira senadora por Mato Grosso ao vencer a eleição geral de 2002. A segunda mulher a ocupar uma das três vagas foi Selma Arruda, mas não concluiu o mandato por ter sido cassada por abuso de poder econômico.

“O partido incentiva as candidaturas femininas, vê com bons olhos e apoio irrestrito nossa candidata ao Senado. Estamos confiantes que ela vai ganhar a eleição. É pré-candidata, mas vai ganhar a eleição por sua garra e talento. Suas qualidades vão empolgar o eleitorado de todo o estado de Mato Grosso”, reforçou Carlos Siqueira.

O posicionamento da nacional do partido foi ratificado pela presidência estadual do PSB, sob o comando do deputado estadual Max Russi. “Essa mulher, pré-candidata ao Senado da República, Natasha. Uma mulher que é qualificada, preparada. Ela venceu nas duas coisas que se propôs. Venceu como servidora pública, professora da Universidade Federal de Mato Grosso, mas venceu também na vida privada como uma grande empresária do ramo da saúde. Então, Natasha, você é um orgulho para o PSB, o PSB acredita na sua candidatura”.

O evento em Rondonópolis foi um grande ato de filiação e reuniu cerca de 1 mil pessoas. Representantes de diversos segmentos se fizeram presentes, como indígenas das etnias Bororo e Xavante, assentados da reforma agrária e integrantes dos movimentos sindicais e comunitários. Embora tenha registrado a presença de lideranças da região sul do estado, prioritariamente, o ato contou com integrantes do PSB de todas as partes de Mato Grosso.

Fonte: https://odocumento.com.br/

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui